antónio paiva

escritor e poeta antónio paiva

Archive for the ‘surreal’ Category

o botão da braguilha

leave a comment »

estou à beira de alcançar o estatuto de um ser de paciência imensurável; isto tudo é nem mais nem menos, que o fruto de imensas convulsões de dúvidas, já que quanto a certezas as renego todas.

já por inúmeras vezes me confessei um narrador egoísta; a culpa é da minha ansiedade sublimatória – enfim, maleitas pessoais por via do enorme afecto à narrativa – neste preciso momento acabei de fechar os olhos e atirar ao ar um maço de folhas soltas; ó!, que pena, quem sabe acabei de desconjuntar um romance daqueles de criar barba e cabelo, [ena tanto pêlo!].

sempre tive azar com o botão da braguilha – sim, esse, o do meio – abre sem mais nem menos; qual magna chave do sacrilégio, que roda sub-repticiamente e me vai morder no sono mais profundo. só que; eu abomino o amor colegial e, odeio espremer borbulhas, para além disso não quero chamuscar a pele no roçar as velas; isso é coisa de borboletas chanfradas, que suicidam às marradas nos candeeiros da praça…

Anúncios

Written by antónio paiva

Setembro 28, 2010 at 10:04 pm

Publicado em surreal

Tagged with , , ,